Chosendo celebra Santa Bárbara com uma festa comunitária

Chosendo celebra Santa Bárbara com uma festa comunitária

Há pelo menos quinze anos que Chosendo mantém viva a tradição de celebrar a Santa Bárbara. Fá-lo sempre em dezembro, no primeiro domingo do mês, e por norma é uma aventura subir a aldeia em procissão e aguentar a celebração no monte sobranceiro, tal é o frio e a chuva. Mas este ano foi o sol que marcou presença. Bonito, quente e convidativo a uma manhã de convívio, deu o mote para a festa que a freguesia cumpriu, com grande sentido religioso e muito envolvimento de toda a comunidade. Para além da missa e procissão, a Festa a Santa Bárbara é conhecida pelo almoço do povo para o povo, em que são as pessoas da aldeia que confecionam o repasto e criam todas as sobremesas que são servidas.

Foi este o mote para a mensagem transmitida por padre Moura, pároco de Chosendo, na Capela de Santa Bárbara, durante a missa: “Que Santa Bárbara continue a aproximar as pessoas da nossa comunidade, que caminhem lado a lado e que a nossa terra esteja sempre unida”, disse, reconhecendo que tem sido concretizada a principal intenção da Festa, ou seja, que o povo participe “nesta viagem”, onde são demonstrados “valores como acreditar, a solidariedade e a partilha, exemplos que nos foram deixados pela vida de sofrimento de Santa Bárbara”.

Do alto do monte onde está situado o pequeno templo de adoração à santa protetora das trovoadas até ao salão da junta de Freguesia é um salto. Por isso, e recolhido o andor, em poucos minutos todo o povo estava já preparado para o almoço que os distintos dotes culinários das senhoras da aldeia conceberam. Este ano o prato foi rancho, mas a mesa era farta de entradas, com as saborosas azeitonas e a bola de carne, não faltando a tradicional sopa de feijoca para, no final, todos provarem as sobremesas. Aliás, é no momento de experimentar as sobremesas que se percebe o envolvimento de todos nesta festa: é que cada casa faz uma ou mais sobremesas, que depois partilham por todos.

Foi este sentido comunitário, aliado ao singelo ato de celebrar a fé do povo de Chosendo na sua Santa protetora, que o Presidente da Câmara, Carlos Silva Santiago, enalteceu nas palavras que dirigiu após o almoço. Reconhecendo a forma dedicada como todos se envolvem na realização, elogiou a Junta de Freguesia, na pessoa da Presidente Irene Proença, por motivar todos os habitantes para este momento.