IMG 0431

Povo de Chosendo unido na veneração a Santa Bárbara

Há ações que, com o passar dos anos, vão ganhando uma aceitação tão grande das comunidades que atingem o patamar de tradições. Chosendo, uma freguesia do Concelho de Sernancelhe, é disso bom exemplo com a revitalização da festa religiosa a Santa Bárbara no primeiro domingo de dezembro. Há quase uma década em que o povo sobe ao monte, levando em ombros a Santa, realiza uma celebração simples, emotiva, envolvente e apaixonante para as gentes de Chosendo. Este ano, a festa foi no domingo, 4 de dezembro.

Mal levantou o nevoeiro com que, por esta altura do ano, as aldeias acordam, Chosendo mostrou, com o estoirar de foguetes, que estava a preparar-se para um dia de festa. A noite foi pequena para as senhoras da aldeia, empenhadas na preparação de dezenas de sobremesas, das mais doces às mais tradicionais, que garantiram mesa farta no Salão da Junta de Freguesia.

A meio da manhã, o sino da Igreja anuncia a saída da procissão rumo ao monte de Santa Bárbara, no extremo da freguesia. Com o sol a raiar, caso raro em Chosendo nesta altura, as ruas da aldeia viram passar o bonito andor da Santa. A chegada à pequena ermida é rápida, e em volta da capela pousam o andor, que fica virado para o povo durante a homilia.

Padre Moura, sacerdote de Chosendo, enaltece, a cada ano, o culto do povo à Santa Bárbara. Elogia a forma determinada, comprometida e alegre como festejam as benesses da Santa que “ensina a buscar a verdade com coração sincero e aberto, que dá mensagens de coragem e fé”, como enaltece o desdobrável que a Junta de Freguesia de Chosendo preparou e distribuiu a todos os habitantes, contendo a história, a devoção e uma oração a Santa Bárbara.

Padre Moura dedica a sua mensagem à natureza. Os recursos naturais, o uso que o homem lhes dá, a forma negligente e criminosa como por vezes são tratados, levou o pároco a apelar para que o legado da natureza seja defendido por todos, citando Eça de Queirós, em “A Cidade e as Serras”, quando o escritor refere “o azul das paisagens”, demonstrando a beleza do planeta.

Terminada a eucaristia, a procissão retornou à Igreja. O último momento decorreu no Salão de Chosendo, onde a Junta de Freguesia reúne todas as pessoas da aldeia e convivem num almoço que é uma ceia de Natal antecipada. Em alegria, confraternização, Chosendo cumpre a tradição da Santa Bárbara, cada ano com maior ímpeto e alento redobrado.