“Queremos uma Escola de qualidade, de referência e de excelência”

“Queremos uma Escola de qualidade, de referência e de excelência”

A receção aos professores no Salão Nobre dos Paços do Concelho, na manhã de 12 de setembro, ficou marcada pela mensagem repetida por todos os intervenientes na sessão: Sernancelhe quer diferenciar-se por proporcionar ensino de qualidade às crianças e jovens, quer a escola focada nos alunos, maior envolvimento da comunidade, e trabalhar com responsabilidades partilhadas para ter uma escola de referência e de excelência.

Coincidindo a receção aos professores com a entrada em funções da nova Diretora do Agrupamento de Escolas, Fátima Correia, foi a responsável daquela instituição que apresentou as linhas de atuação da sua equipa para os próximos anos, defendendo uma escola centralizada no aluno, que seja encarada como uma responsabilidade de todos, com melhores aprendizagens, mais adaptadas ao mundo globalizado, por forma a que “façamos o nosso caminho sem deixar nenhum aluno para trás”, disse Fátima Correia, reconhecendo que a responsabilidade partilhada entre escola, pais e Município é determinante para o sucesso escolar, pois, acrescentou “nada falta em Sernancelhe para que procuremos o sucesso dos nossos alunos”.

Esperançada no empenho do corpo docente, pediu uma intervenção próxima atuante da Associação de Pais para que as famílias estejam sempre ao lado dos alunos e sejam parceiros na Escola que se pretende implementar em Sernancelhe.

Palavras partilhadas pela Diretora da Escola Profissional e Presidente do Conselho Geral do Agrupamento, que evidenciou a colaboração institucional e a procura de um escola adaptada ao meio e com um papel determinante na sociedade atual e no futuro dos jovens.

Ideias que encontram na gestão municipal defensores acérrimos. Tanto mais que o Presidente da Câmara, Carlos Silva Santiago, não hesitou em defender uma Escola de qualidade, inclusiva, que seja escolhida pela formação que dá, pelo sucesso dos seus alunos.

Como forma de o alcançar, acrescentou, é indispensável que a descentralização de competências em matéria educativa aconteça, mas seja ampla e contemple também o pessoal docente, por forma a garantir estabilidade nas escolas e impedir interrupções letivas e danos na aprendizagem dos alunos.
Defendeu ainda a participação do município na elaboração dos currículos escolares, dando como exemplo a importância de os alunos terem contacto com escritores das suas áreas geográficas e conhecerem os elementos diferenciadores do seu meio.

Terminada a sessão no Salão Nobre, o Município e o Agrupamento de Escolas prepararam para este dia, também porque se comemora o 133º aniversário do nascimento de Aquilino Ribeiro, uma visita guiada “à descoberta de Aquilino pelo Concelho de Sernancelhe”, que contemplou uma passagem por Freixinho, Carregal, Tabosa e Lapa. Paulo Neto, Diretor da Revista Aquilino, foi o guia desta viagem pelas paragens do Mestre Aquilino Ribeiro.