Chosendo inaugurou a requalificação da fonte do Adro e paragem de autocarro no dia de Santa Bárbara

Chosendo inaugurou a requalificação da fonte do Adro e paragem de autocarro no dia de Santa Bárbara

Há muito que a comunidade de Chosendo vem cumprindo a tradição de celebrar, nos primeiros dias de dezembro, a Santa Bárbara. Ao longo dos anos a festa tem-se mantido fiel ao ritual religioso de subir, em procissão, até ao monte onde está a Capela e aí celebrar a missa, mas este ano, mais exatamente, no dia 10, a Junta de Freguesia aproveitou o momento para inaugurar a requalificação da fonte e paragem de autocarro.

Pouco depois da 11 da manhã, sob a ameaça de muita chuva e vento forte, a procissão saiu da Igreja. Percorreu as ruas graníticas da aldeia em direção à ermida de Santa Bárbara. As condições meteorológicas foram motivo para uma celebração mais curta mais ainda assim plena de sentimento. Padre Moura enalteceu a vontade que Chosendo mantém em assinalar, ano após ano, independentemente do clima, este momento e de não esquecer a proteção de Santa Bárbara. Destacou o papel da Junta de Freguesia em continuar a mobilizar a população para esta festa e lembrou a presença do executivo municipal.

De regresso ao centro da aldeia de Chosendo, foi tempo para a cerimónia de inauguração da requalificação da fonte e paragem e autocarro. Foram de agradecimento as palavra de Irene Proença, Presidente da Junta de Freguesia, para todos quantos colaboraram para que a obra fosse possível, dando especial enfoque ao arquiteto Paulo Albino e ao Município.

Carlos Silva Santiago, Presidente da Câmara Municipal de Sernancelhe, recordou que Chosendo é singular pois sempre que se inauguram fontes chove abundantemente, o que é premonitório face à seca que tem assolado o País. O autarca agradeceu à Junta pela iniciativa de transformar um dos principais espaços do núcleo de Chosendo num espaço bonito, moderno e funcional, que muito deve orgulhar todos os chosedenses. Felicitou o arquiteto e todos os empresários, em particular os da freguesia, que trabalharam na obra, desde o construtor civil, ao eletricista e canalizador, que fizeram um trabalho extraordinário.

A manhã terminou com o habitual convívio na sede da Junta de Freguesia.