Município de Sernancelhe assina protocolo para a recuperação do interior da Capela de Santo Estêvão, na Freguesia de Carregal

Município de Sernancelhe assina protocolo para a recuperação do interior da Capela de Santo Estêvão, na Freguesia de Carregal

A preservação do património religioso do Concelho de Sernancelhe tem encontrado no Município um aliado fundamental. Sempre disponível para colaborar com as freguesias e comissões fabriqueiras, assinou, no dia 7 de novembro, na Capela de Santo Estêvão, na Freguesia de Carregal, um protocolo no valor de 37 mil euros, montante que permitirá recuperar aquele templo e assegurar melhores condições aos habitantes locais para a prática religiosa.

O momento da assinatura do Protocolo decorreu no interior da Capela, estando presente o Presidente da Comissão Fabriqueira, Padre Rui Borges, e os restantes membros daquele órgão, o Presidente da Junta de Freguesia de Carregal, Vitor Rebelo, bem como o executivo e a Assembleia de Freguesia, o Presidente da Câmara Municipal de Sernancelhe, Carlos Silva Santiago, e o empreiteiro da obra, a empresa Indústria Pais, sedada no Concelho de Sernancelhe.

Contruída pelo Padre Lucas Pedrinho, antigo pároco de Aldeia de Santo Estêvão, já no século XX, e graças ao extraordinário envolvimento e contributo do povo, a Capela assumiu a sua função de espaço de encontro das gentes da comunidade, onde vêm realizando as diversas cerimónias religiosas.

Há apenas alguns meses foi intervencionada no exterior, tendo agora necessidade de uma requalificação no interior por forma a salvaguardar a sua estrutura. Graças ao protocolo agora celebrado, dentro de pouco tempo a Capela ganhará melhores condições e um brilho que muito agradará ao povo de Aldeia de Santo Estêvão.

A este propósito o Presidente da Junta de Freguesia de Carregal, Vitor Rebelo, manifestou a sua satisfação pela assinatura do protocolo, um passo determinante para que a obra de recuperação da Capela de Santo Estêvão seja uma realidade.

Enaltecendo o papel do Município, destacou o investimento que a sua freguesia tem conhecido, nas últimas décadas, no que respeita à preservação património, citando os exemplos do Convento da Tabosa, da Igreja e Sacristia, do Pátio Aquilino Ribeiro, no Santuário de Santa Bárbara e agora na Capela de Santo Estêvão.