VIII MONTARUA AO JAVALI EM ALDEIA DE SANTO ESTÊVÃO

VIII MONTARIA AO JAVALI EM ALDEIA DE SANTO ESTÊVÃO: SERNANCELHE NA ROTA DO TURIMO CINEGÉTICO

A paisagem de montanha é uma realidade incontornável do Concelho de Sernancelhe. A Serra da Lapa assume, neste quadro, um papel determinante pelo seu posicionamento a quase mil metros de altitude, revelando todo um potencial cinegético que atrai cada vez mais praticantes da caça, de todo o País. Carregal, terra de Aquilino Ribeiro, é uma das freguesias do sopé da Lapa que acolhe um evento que é já uma referência nesta matéria: a Montaria ao Javali, organizada pela Associação Madrugadas. No dia 16 de fevereiro foi a 8ª edição e mais de uma centena de caçadores participaram nesta iniciativa, que tem como epicentro a localidade de Aldeia de Santo Estêvão.

 “aquilino”, a Revista literária do Município de Sernancelhe, à venda nas livrarias Bertrand de Viseu, Porto e Lisboa

“aquilino”, a Revista literária do Município de Sernancelhe, à venda nas livrarias Bertrand de Viseu, Porto e Lisboa

O número 4 da Revista Literária “aquilino”, editada pelo Município de Sernancelhe em finais de 2018, acaba de chegar às livrarias de referência do grupo Bertrand do nosso País: Chiado, em Lisboa, Bom Sucesso, no Porto, e Palácio do Gelo, em Viseu. Dedicada aos prefácios de Aquilino Ribeiro em obras de outros escritores, reúne mais de 30 textos, boa parte deles praticamente desconhecidos, que evidenciam a importância do escritor sernancelhense no século XX português, o seu sentido solidário e humano, notório no contributo que dava a novos autores e a todos quantos pretendiam iniciar-se no mundo da escrita.

 Dar vida aos anos com o boccia

Município de SERNANCELHE promove desporto Sénior com a iniciativa "Dar vida aos anos com o boccia"

O Convívio de Boccia juntou, no dia 1 de fevereiro, cerca de 250 seniores dos centros lúdicos de Sernancelhe, Sarzeda, Seixo, Vila da Ponte, Macieira, Tabosa da Cunha, Granjal, Cunha, Penso, Chosendo, Centros Sociais e Paroquiais de Lamosa, Lar do Sagrado Coração de Maria, de Ferreirim e Santa Casa da Misericórdia de Sernancelhe.

Pelo segundo ano consecutivo o convívio contou com a presença de Penedono e de Moimenta da Beira (CSP de Caria).
Esta iniciativa faz parte do plano anual de atividade do Programa de Atividade Física Sénior “MEXA-SE”, e é uma espécie de “campeonato” onde as equipas se defrontam por freguesias ou instituições, sempre num espírito de convívio e alegria.

Para além do Boccia, ao longo do ano, os utentes dos centros lúdicos têm oportunidade de desenvolver exercícios de ginástica de manutenção, jogos lúdicos, jogos tradicionais, bailes, caminhadas, exercícios de ginástica aquática na Piscina Municipal de Sernancelhe e participar em encontros desportivos.

A organização contou com a colaboração da Escola Profissional de Sernancelhe, cujos alunos dinamizaram o espaço saúde e de beleza, dos Bombeiros Voluntários de Sernancelhe e da Associação Mover Viseu.


FILANDORRA TROUXE “AUTO DA BARCA DO INFERNO” AOS ALUNOS DO 9º ANO DO AGRUPAMENTO E 10º ANO DA ESPROSER

FILANDORRA TROUXE “AUTO DA BARCA DO INFERNO” AOS ALUNOS DO 9º ANO DO AGRUPAMENTO E 10º ANO DA ESPROSER

Os alunos do 9º ano do Agrupamento de Escolas Padre João Rodrigues e os alunos do 10º ano da Escola Profissional de Sernancelhe assistiram, na manhã de 1 de fevereiro, no Auditório Municipal, à interpretação pela Filandorra – Teatro do Nordeste, da peça “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente.
Levar Gil Vicente às escolas da região tem sido uma aposta da Filandorra, que ao longo dos anos tem vindo a teatralizar os textos vicentinos que integram os programas curriculares da disciplina de Português e mostrá-los ao público estudantil.

Festival de Sopas de Sernancelhe

17 Associações do Concelho preparadas para confecionar milhares de litros de sopa durante o 6º Festival de Sopas de Sernancelhe

A sopa, considerada o prato mais antigo do mundo, vai novamente ser rainha em Sernancelhe nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro, durante o 6º Festival de Sopas e Encontro de Ranchos. Para fazer jus à tradição e respeitar a herança gastronómica sernancelhense, 17 associações locais preparam-se para criar milhares litros de sopa, prometendo sabores distintos, ricos em produtos endógenos, condimentados com a etnografia dos 10 ranchos folclóricos do norte de Portugal que subirão ao palco do Expo Salão.

segunda-feira, 07 janeiro 2019 17:06

Sernancelhe sabe cantar as Janeiras!

 Sernancelhe sabe cantar as Janeiras!

Sernancelhe sabe cantar as Janeiras!

É cada vez mais uma evidência: a tradição cultiva-se, celebra-se e transmite-se. Os Cantares das Janeiras, que decorreram na tarde de 6 de janeiro, no Expo Salão, precisamente no Dia de Réis, foram demonstrativos de como é possível recriar os momentos simples e autênticos que definem a cultura das nossas aldeias e promover uma iniciativa de grande valor sociocultural para o Concelho e para a região. A qualidade dos grupos e a preocupação com a recuperação e adaptação de músicas ao contexto das Janeiras é salutar e denota trabalho e dedicação de todos os participantes.

Construção de ETAR na povoação de Ponte do Abade

Construção de ETAR na povoação de Ponte do Abade

Este projeto foi candidatado ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência dos Recursos – POSEUR, no âmbito do Ciclo Urbano de Água, o qual foi contemplado pelo Fundo de Coesão com uma comparticipação de 85%.

Com este projeto o Município de Sernancelhe pretendeu eliminar a fossa existente substituindo a mesma por uma ETAR compacta, permitindo um acréscimo de tratamento mais eficaz de efluentes de forma a cumprir as exigências legais, assegurar a proteção do ambiente e das águas na povoação da Ponte do Abade.

A operação teve um custo total de 88.129,76€, com a comparticipação do Fundo de Coesão de 85%, correspondente ao valor de 79.910,30€.


 

MENSAGEM DE NATAL DO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SERNANCELHE

Natal é tempo de paz e de reflexão.

É tempo da família, de redobrarmos apelos à solidariedade e de assumirmos, todos, a fraternidade como um dos valores supremos do ser humano. É por isso que o Natal é uma das mais belas datas do nosso calendário, pelo seu simbolismo e pela meditação que a todos desperta.

Nestes tempos de incerteza que vivemos, impõem-se que, especialmente nesta quadra festiva, avaliemos o trabalho desenvolvido ao longo do ano, analisemos o trajeto cumprido, as conquistas e os insucessos e desenhemos, com humildade e sentido de serviço público, as linhas do futuro.

Temos as pessoas como o mais importante da nossa ação: as crianças e jovens como indiscutíveis para garantirmos um território desenvolvido; os mais idosos como os grandes obreiros do nosso Concelho, que nos legam um passado pleno de sabedoria e autenticidade; a nossa população ativa como vital para a valorização dos produtos endógenos e a performance das empresas; os nossos empreendedores, elementos indispensáveis na estrutura socioeconómica de Sernancelhe, com quem mantemos uma ligação próxima para irmos em frente, com sucesso e com reflexo na qualidade de vida das nossas gentes.

Com determinação, com estratégia, com respeito pelo passado e vontade em definir um rumo para Sernancelhe, este Natal é para nós o corolário do trabalho desenvolvido.

É a confirmação de que a nossa Terra está alicerçada em valores sólidos, sabe honrar a sua identidade e hoje é conhecida e reconhecida pela sua marca mais importante: a Terra da Castanha. Tudo porque soubemos dar valor às coisas que realmente importam.

Por isso cumpre-me agradecer aos sernancelhenses, aos que aqui residem e a todos os nossos concidadãos emigrados, pelo tanto que têm feito pelo nosso Concelho.

Nesta quadra natalícia endereço a todos uma mensagem de esperança e de confiança, formulando os votos sinceros de um Santo e Feliz Natal e um próspero ano de 2019.

O Presidente da Câmara

Carlos Silva Santiago

NATAL ANTECIPADO COM UM MERCADO, UM CONCERTO E UM ESPETÁCULO DE DANÇA

NATAL ANTECIPADO COM UM MERCADO, UM CONCERTO E UM ESPETÁCULO DE DANÇA

O Expo Salão de Sernancelhe recebeu, na tarde de 16 de dezembro, um mercado de Natal antecipado, condimentado com um concerto memorável pelo Conservatório Regional de Música de Ferreirim e ainda o espetáculo de dança contemporânea “Nasceu Jesus”, pela escola Afriklave.

Pág. 12 de 28