protec civil cms

Informação
16 de setembro de 2020

Sernancelhe: ano letivo arranca em total segurança. Professores e funcionários do Agrupamento e Escola Profissional testaram todos negativo à Covid-19

O ano letivo 2020/2021 arranca amanhã, 17 de setembro, em Sernancelhe, em total segurança. Por forma a tranquilizar as instituições de ensino, os docentes, os pais e os alunos, a Autoridade de Saúde, em estreita coordenação com a Proteção Civil Municipal, testou professores e funcionários do Agrupamento de Escolas Padre João Rodrigues e da Escola Profissional de Sernancelhe antes do início das aulas e confirmou-se que todos deram negativo.

Normalidade e segurança são portanto certezas que garantem a abertura do Ano Letivo em Sernancelhe para todos os ciclos escolares e ensino profissional.

Contudo, quer o Agrupamento de Escolas quer a ESPROSER – Escola Profissional, não vacilam na adoção dos respetivos planos de contingência e no cumprimento das regras da Direção Geral de Saúde, como a delimitação de acessos às escolas, à cantina, às salas, sinalização de percursos de circulação e adaptação de horários.

As medidas de segurança terão de ser seguidas também pelos alunos, nomeadamente a adoção de cuidados de prevenção e higiene, nos intervalos, casas de banho, reprografia, serviços administrativos e atividades lúdicas. Os Planos de Contingência são igualmente claros e rigorosos quanto aos procedimentos a seguir caso surja uma situação suspeita de COVID-19.

Este ano letivo é portanto um ano com novos desafios. Mas o mais importante é garantir que os alunos voltam à Escola, estudam e brincam em segurança. E, nesse sentido, o Município, o Agrupamento de Escolas e a Escola Profissional reafirmam a sua disponibilidade para tudo fazerem no sentido de proteger e garantir a saúde de toda a comunidade escolar.

Por isso, e depois de o Concelho ter registado vários casos de Covid-19 na comunidade, foi entendimento da Autoridade de Saúde, e por uma questão de segurança e tranquilidade geral, que os alunos estão a cumprir períodos de vigilância profilática (decorrente do contacto com elementos do agregado familiar), regressarão à Escola apenas quando estiverem concluídos os 14 dias definidos pela DGS, e os testes confirmarem estarem todos de perfeita saúde.

Apelando ao cumprimento das regras das Autoridades de Saúde, e que as escolas estão a implementar com sentido de responsabilidade, o Ministério da Educação vai entregar máscaras a todos os alunos do 2.º e 3.º ciclo e o Município distribuirá aos alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo um kit com máscaras de proteção certificadas, acompanhado de uma brochura didática com os principais cuidados a ter para evitar o contágio e o vírus da COVID-19.