CONSERVATÓRIO REGIONAL DE MÚSICA DE FERREIRIM ASSINALOU 5º ANIVERSÁRIO

CONSERVATÓRIO REGIONAL DE MÚSICA DE FERREIRIM ASSINALOU 5º ANIVERSÁRIO

O Conservatório Regional de Música de Ferreirim assinalou, no dia 24 de novembro, no Expo Salão, o seu quinto aniversário. Numa cerimónia que contou com alunos, pais, autarquias e convidados, foi tempo de recordar a história e a evolução desta escola, que tem como sede a freguesia de Ferreirim, e que, ao longo dos anos, tem alargado a sua atividade a vários concelhos vizinhos.

Vale a pena, pois, recordar a história desta agremiação, através do guião do vídeo produzido e exibido durante esta cerimónia:

O nascimento do Conservatório está diretamente ligado à dinâmica desenvolvida pela banda musical 81 de Ferreirim ao longo destes 38 anos de existência.

Seguindo a estratégia que fez nascer a Banda Musical 81 de Ferreirim, desde muito cedo a associação promoveu a captação e formação de jovens pelas freguesias do concelho de Sernancelhe, nomeadamente vila da ponte, Penso e Carregal, que resultou num crescimento de elementos na sua filarmónica.

O resultado desta ação foi imediato e verificou-se pelo quadro de músicos em constante crescimento e com o número de atuações a exigirem da instituição uma maior capacidade de resposta ao nível das apresentações públicas.

Logo depois, a Direção da Associação Banda Musical Oitenta e Um ganhava vontade acrescida para ter a sua sede, um espaço que possibilitasse novas metodologias de trabalho, que estivesse à altura das exigências do ensino da música e que fosse verdadeiramente um conservatório.

O sentido comunitário sempre falou mais alto na identidade da Banda e do Conservatório. Por isso, ficar sedeada em Ferreirim foi sempre uma certeza. Aproveitando a antiga escola do Primária, a Direção fez o pedido ao então Presidente da Câmara, José Mário Cardoso, e, movidos pela vontade de dotar a escola primária de melhores condições para o exercício das atividades musicais, foi feita uma candidatura ao PRODER, a qual foi aprovada a comparticipada pelo Município de Sernancelhe em 2012.

Neste mesmo ano, a Associação obtém a Declaração de Utilidade Publica, estatuto que viria a ser fundamental mais tarde para a autorização de funcionamento do Conservatório.

Com a necessidade da elaboração de um projeto de execução da escola primária de Ferreirim, foi antecipadamente prevista a possibilidade do cumprimento legal ao nível das instalações físicas para o funcionamento de um Conservatório, ideia já sonhada e assumida pelo maestro Artur Costa e pelo Presidente da Direção Carlos Santos.

As obras vieram a ser concluídas em agosto de 2013. Em fevereiro de 2014 foi submetido pela associação ao Ministério da Educação a candidatura para o funcionamento do Conservatório; em 25 de novembro do mesmo ano foi emitida a licença de funcionamento provisoria para a lecionação de cursos de iniciação e cursos básicos (2º e 3º ciclos).

Em 2015 é abraçado o desafio, pelo presidente da Camara Dr. Carlos Silva Santiago, para o arranque do ensino articulado em Sernancelhe, numa parceria direta de colaboração entre o Agrupamento de Escolas padre João Rodrigues, na altura presidido pelo Diretor Carlos Rei e pela Escola Profissional de Sernancelhe na pessoa da sua presidente Drª Ana Chaves e o Conservatório. Para que este projeto se tornasse na realidade que hoje é, foram celebrados entre as entidades envolvidas protocolos de colaboração, sem eles, seria impossível a sustentabilidade do projeto.

O sucesso do arranque do ensino articulado em Sernancelhe veio a ser replicado no ano seguinte 2016/2017, no concelho de Penalva do Castelo. Para isso houve a colaboração direta da Direção da Associação da Banda Musical e Recreativa de Penalva do Castelo na pessoa do Sr. Anselmo Sales, juntamente com o Sr. Presidente da Câmara Francisco Carvalho e a senhora Diretora do Agrupamento de Escolas, Dr.ª Rosa Figueiredo.

O Conservatório tem na sua génese uma componente artística vocacionada para a performance artística dos alunos, eles são expostos publicamente em atividades ou iniciativas publicas, estas podem ser de cariz social, em abril de 2017 foram apresentados dois concertos solidários (Sernancelhe e Penalva do Castelo), ainda nesse mês e realizado o primeiro estágio de orquestra de sopros e percussão do Conservatório, proporcionando aos alunos de Sernancelhe e de Penalva do Castelo, a partilha e o aperfeiçoamento de conhecimentos artísticos.

A convite do Município de Sernancelhe, o Conservatório foi convidado para apresentações pontuais de transmissão televisiva no programa “Aqui Portugal”, na emissão da festa da castanha realizado no Exposalão a 28 de outubro de 2017 com a presença da orquestra dos alunos do curso básico de música do ensino articulado e, em 27 de outubro de 2018 com um grupo de música de camara constituído por alguns docentes da instituição.

O Conservatório consegue através de iniciativas de intercâmbio escolar, projetar a imagem da escola fora da sua área de intervenção, sendo um momento alto, a apresentação de um concerto na casa da Musica em 22 de abril de 2018.

Ainda neste ano letivo, no decorrer do concurso financeiro, previsto no orçamento de estado, o Conservatório consegue ser contemplado na comparticipação de alguns dos alunos da sua instituição, ainda que de forma muito reduzida.

No ano letivo de 2018/2019 por solicitação do Sr. Presidente da camara de Aguiar da Beira Joaquim Bonifácio em colaboração com a Diretora do Agrupamento de Escolas Dr.ª Elisabete Barbara o Conservatório arranca com o ensino artístico especializado da música no concelho de Aguiar da Beira.

No decorrer deste ano letivo a Direção Pedagógica do Conservatório, como forma de incentivar e aumentar a ligação entre os vários intervenientes do ensino, promove a criação de um coro para os encarregados de educação, tendo como ponto alto a realização/ animação de uma missa no Santuário de Fátima em 22 de maio de 2019.

O conservatório colabora também com entidades de foro social, de destacar a participação no III seminário Internacional de Alzheimer e o concerto da Família, que decorreram no Instituto Politécnico de Viseu.

O concerto apresentado na cerimonia de homenagem e distinção com a medalha de honra do município de Sernancelhe a sua Excelência o Professor Aníbal Cavaco Silva, reflete a confiança que nos é depositada para a apresentação e divulgação do nosso trabalho.

O empenho e a dedicação de todos os intervenientes neste projeto culminou com o reconhecimento por parte do Ministério da Educação, a 12 de novembro de 2019, na pessoa da senhora Diretora Geral da Administração Escolar, que autenticada a concessão de autorização definitiva de funcionamento de cursos básicos e secundários de musica.

No entanto, a sustentabilidade do projeto só será possível através do reconhecimento efetivo do governo, dando as mesmas oportunidades a Conservatórios como o nosso, que se encontram no interior do pais. A igualdade de oportunidades, o acesso ao ensino e à educação é um direito de todos, independentemente de estarmos no litoral ou no interior. Acreditamos que com o esforço de todos conseguimos atingir esse objetivo, premiando os nossos alunos e projetando a região a nível nacional.