Singularidade e mestria do guitarrista Thomas Leeb cativaram o público sernancelhense

Singularidade e mestria do guitarrista Thomas Leeb cativaram o público sernancelhense

O Auditório Municipal de Sernancelhe acolheu, no dia 01 de março, um espetáculo que foi mais que um concerto de guitarra. O músico australiano Thomas Leeb, apesar de não falar português, interagiu, comunicou e encantou todo o público com a sua mestria no manuseamento da sua guitarra.

É um músico que define o seu estilo como filho bastardo do fingerstyle acústico e que, numa verdadeira simbiose, combina técnicas de percussão tradicional com novos sons e batidas. O resultado final foi surpreendente. Thomas Leeb toca regularmente em Festivais na Ásia, América e Europa e já teve presenças em várias revistas de guitarra no mundo inteiro. O seu álbum “Desert Pirate” foi considerado um dos álbuns essenciais dos últimos 20 anos.