Casa da Música esgotou para assistir ao concerto do Conservatório Regional de Música de Ferreirim

CASA DA MÚSICA ESGOTOU PARA ASSISTIR AO CONCERTO DO CONSERVATÓRIO REGIONAL DE MÚSICA DE FERREIRIM

Os mil lugares da Sala Suggia, da Casa da Música do Porto, foram totalmente preenchidos para o Concerto do Conservatório Regional de Música de Ferreirim, no dia 22 de abril de 2018. Depois de anunciada a atuação da Orquestra de Sopros e Percussão desta escola de música, e que contou também com alunos do polo de Penalva do Castelo, em pouco mais de uma semana os bilhetes foram todos reservados e o momento ficou registado como memorável para os jovens músicos e para o Concelho de Sernancelhe.

Na tarde de 22 de abril, pelas 16:00 horas, aquele que é um espaço de referência cultural no nosso País recebeu mais de centena e meia de alunos de um Conservatório Regional de Música fundado em 2015, em resultado do esforço conjunto da Direção da Banda Musical Oitenta e Um de Ferreirim e o Município de Sernancelhe, com o objetivo de responder às necessidades de formação de inúmeros jovens que procuram uma educação/formação qualificada, assim como proporcionar uma oferta educativa que vá ao encontro das necessidades de toda a comunidade envolvente.

O Conservatório está sediado na antiga Escola Primária de Ferreirim que foi requalificada e adaptada para a promoção da cultura musical, onde a oferta educativa contempla cursos de iniciação musical, ensino articulado, ensino supletivo, cursos básicos de música e cursos livres.

Desde 2015, o Conservatório estabeleceu parcerias com cerca de vinte instituições regionais e nacionais, como os municípios de Sernancelhe, Tabuaço, Armamar, a União de Freguesias de Ferreirim e Macieira, Junta de Freguesia de Carregal, União de Freguesias de Penso e Freixinho, Junta de Freguesia de Vila da Ponte, Junta de Freguesia de Chosendo, Junta de freguesias da Cunha, União de Freguesias de Fonte Arcada e Escurquela, Agrupamento de Escolas Pe. João Rodrigues de Sernancelhe, Agrupamento de Escolas de Armamar, Agrupamento de Escolas João Botelho de Tabuaço, Confederação Musical Portuguesa, Escola Profissional de Sernancelhe – Esproser, S.A., GAL – Beira Douro, Inatel, Comunidade Intermunicipal do Douro CIMDouro, Academia de Musica de Sernancelhe e Santa Casa da Misericórdia de Sernancelhe.

Tendo como objetivo dar aos alunos da instituição uma oportunidade de atuarem numa sala única, como é a Casa da Música, a organização quis ainda demonstrar que no interior de Portugal há formação musical de qualidade, que também são dadas a todos as mesmas oportunidades que noutros pontos do País e que a cultura é uma aposta deste território como forma de se projetar e promover no todo nacional.