13.º Festival da Amizade e Feira Sementes da Terra

David Carreira trouxe milhares de pessoas ao 13.º Festival da Amizade e Feira Sementes da Terra

O conhecido artista David Carreira fez convergir para Sernancelhe milhares de pessoas, protagonizando uma enchente nesta 13ª edição do Festival da Amizade e Feira Sementes da Terra de Sernancelhe. O certame, que começou no dia 3 de agosto com as atuações de Augusto Canário, Adriana Lua, no dia 4, e Anjos, no dia 5, manteve a fórmula que o carateriza, associando o conceito de evento de verão à vertente comercial, com perto de uma centena de expositores, stands, tasquinhas, automóveis, artesanato e diversões.

De 3 a 6 de agosto, a zona da Feira e Central de Camionagem de Sernancelhe transformou-se num mega recinto de espetáculo e animação, confirmando o Festival da Amizade como um evento de projeção nacional e ponto de encontro dos emigrantes que por esta altura do ano se encontram de férias no Concelho e na Região.

Em simultâneo, decorreu a Feira Sementes da Terra, iniciativa reconhecida pela sua importância económica, acolhendo empresas dos mais diversos setores de atividade, sendo grande parte delas locais e regionais.

A longevidade desta Festival comprova-se também pelo envolvimento que tem conseguido gerar ao longo de treze edições, repetindo-se este ano o dia da responsabilidade dos Bombeiros Voluntários de Sernancelhe, iniciativa de cariz social e solidário, em que as receitas da bilheteira do Concerto de Adriana Lua destinam-se a ajudar a prosseguirem a atividade humanitária à população.

No domingo, dia 6, o Festival da Amizade e Feira Sementes da Terra encerrou com o espetáculo de David Carreira, momento que trouxe a Sernancelhe milhares de pessoas de toda a região.

A organização foi da responsabilidade da Associação Sementes da Terra, ACIS (Associação Comercial e Industrial de Sernancelhe), Âmbula (Associação dos Funcionários do Município de Sernancelhe) e ESPROSER (Escola Profissional de Sernancelhe), e contou com o apoio do Município de Sernancelhe e Aquisern.